Buscar
  • mandaverorg

Mulheres empreendedoras do Vergel apresentam seus negócios em evento neste sábado (21)

Aberta ao público, III Convenção Potência Feminina contará com exposição e venda de produtos, palestras e workshop para empreendedoras




Confeitaria, moda praia, artesanato em crochê, decoração de festas infantis, moda casa, lanches, laços infantis e roupas íntimas: esses são alguns exemplos dos novos negócios liderados por mulheres do Vergel do Lago que estarão sendo apresentados neste sábado (21) durante a III Convenção Potência Feminina, evento organizado pelo Instituto Mandaver em parceria com o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME) com apoio do Google.org, braço filantrópico do Google.


Desde janeiro de 2021, o projeto Potência Feminina já capacitou mais de 5 mil mulheres com treinamentos de empreendedorismo e empregabilidade, trazendo alternativas de renda para as regiões empobrecidas.


Durante o evento, das 13h às 17h, na Escola Estadual Prof. Anaias de Lima, no Vergel, 11 empreendedoras irão expor os negócios que desenvolveram com o apoio do programa Potência Feminina ao longo do último ano. Com a capacitação, realizada com apoio do Sebrae, as mulheres adquiriram os conhecimentos necessários para a criação e gestão de seus negócios, como noções de finanças, vendas, marketing e redes sociais. "Com isso, elas podem adquirir independência pessoal e financeira, transformando não só sua própria vida, como a de sua família e, consequentemente, a de toda a comunidade", afirma Lisania Pereira, presidente do Instituto Mandaver.



Dentre as 5 mil mulheres capacitadas durante o programa, 120 delas receberam ainda mentorias coletivas e individuais para impulsionar seus negócios. Destas, 18 foram selecionadas para receber aportes financeiros com valores de 10 mil reais como capital semente para estruturar ou ampliar suas pequenas empresas.


Mariana Cavalcante, 36 anos, é um dos exemplos transformadores da educação empreendedora. Há quatro anos, quando nasceu sua filha, começou a fazer laços infantis. Uma amiga viu, gostou muito, encomendou alguns para a filha dela e ajudou divulgando para outras pessoas.


“Segui trabalhando por encomendas, mas muitas vezes, com as dificuldades, pensava em desistir”, conta. “Participar do Potência Feminina foi um divisor na minha vida. Aprendi muito sobre mim mesma, sobre como lidar com minhas emoções, e também a montar e gerenciar meu negócio”, diz.


Uma das selecionadas para receber o capital semente, ela se prepara agora para inaugurar a loja Mari Laços em seu bairro, além de vender pelo instagram @marilaçosmaceio. “Pretendo futuramente agora dar cursos para ajudar outras mulheres, da mesma forma como fui ajudada”, afirma


Aberta ao público, a III Convenção Potência Feminina, além da exposição dos negócios liderados por mulheres, contará ainda com palestras sobre empreendedorismo, roda de conversa, workshop com técnicas de vendas e apresentações artísticas dos alunos das oficinas culturais promovidas pelo Instituto Mandaver.


Amais Imprensa



5 visualizações0 comentário